Tag Archives: research

Como você usa pré-processadores CSS?

Pré-processadores CSS estão na moda. Afinal, eles dão poder para CSS que, por natureza são simples, mas nada fáceis de manter. O pessoal da Universidade de Concórdia acabou de fazer um estudo empírico bem legal sobre o uso de SASS e LESS.

De forma resumida, os resultados encontrados foram:

  • Desenvolvedores declaram principalmente variáveis globais (89% dos casos), especialmente para armazenar cores (45% dos casos).
  • Aninhamento (nesting) é bastante popular. 78% dos seletores são aninhados.
  • 2/3 dos mixins são reusados duas ou mais vezes. Interessantemente, 42% deles são usados para lidar com propriedades específicas de browsers (-webkit-*, etc).
  • Desenvolvedores preferem mixins sem parâmetros do que usar herança.

O artigo vai mais a fundo, sugerindo razões e possíveis ferramentas focadas para ajudar desenvolvedores nessas situações (refatorações, por exemplo). Você pode ler mais no preprint do artigo que será apresentado no SANER 2016:

E aí? Os números são o que você esperava? Ou você faz diferente?

Desenvolvedores e Testes Automatizados em suas IDEs

Será que fazemos o que falamos? Falamos o que fazemos? Em um estudo bastante interessante, os pesquisadores monitoraram programadores usando o Eclipse, e vejam o que encontraram:

  • A maioria dos projetos e usuários não praticam testes ativamente.
  • Desenvolvedores, em sua maioria, não rodam testes na IDE. Mas quando o fazem, fazem com muita frequência.
  • Código de testes e código de produção não co-evoluem de maneira elegante.
  • Testes que são executados na IDE rodam muito rápido.
  • Desenvolvedores comumente executam apenas um conjunto específico de testes. Na maioria dos casos, os desenvolvedores executam apenas um teste.
  • A maioria das execuções de testes dentro das IDEs falham.
  • A reação mais comum a um teste falhando é mergulhar no código de produção culpado.
  • TDD não é amplamente praticado. E os programadores que dizem fazer, não o fazem estritamente e nem para todas as modificações.
  • Desenvolvedores gastam um quarto do seu tempo trabalhando em testes. Curiosamente, eles acreditavam que esse número era o dobro maior.

E o mais legal: os resultados observadores contradizem as respostas que esses mesmos desenvolvedores deram em uma survey.

E você? Como faz!? 🙂

Beller, Moritz, Georgios Gousios, Annibale Panichella, and Andy Zaidman. “When, how, and why developers (do not) test in their IDEs.” In Proceedings of the 2015 10th Joint Meeting on Foundations of Software Engineering, pp. 179-190. ACM, 2015.